sábado, 10 de outubro de 2009

Festas de 15 Anos

Muitas meninas tem o sonho de fazer 15 anos. Eu, particularmente, acho uma bobeira. Acredito que, o dinheiro que se gasta em uma festa de debutante com tudo que se tem direito, pode ser investida em uma viagem pela Europa, América Latina, EUA...
Eu fiz uma festa super simples. Bem, não tão simples, mas simples. Era uma coisa mais dance, mais extrovertida e sem aquela coisa clássica e burocrática que a maioria das festas de 15 anos tem. A minha festa teve DJ, uma linda ornamentação, uma valsa de última hora com meu pai, uma declaração de amor, discursos e muita dança. Nada muito "oul" mas também inesquecível.
Para aquelas meninas que, assim como eu, adoram fujir dos custumes e gostam de inventar o novo, aí vão algumas dicas das coisas que fiz no meu aniversário:
Convites: Meus convites foram feitos no meu computador. Fiz uma montagem daquelas estilo Caras e imprimi em papel brilhoso. Os envelopes eram cor-de-rosa goiaba e o que fechava o envelope era um coração prata. Ficou lindo!
Ornamentação: Minha mãe contratou um pessoal que fez uma linda ornamentação no salão de festas em que eu fiz a festa. A decoração era toda rosa e lilás, ficou extremamente delicada e aminha cara, hehe... A dica que eu dou para as meninas que querem fazer uma ornamentação diferente é seguir seu gosto e tentar fazer a decoração ficar o máximo possível a cara delas.
Comida: Já vi diversas festas com buffets extremamente sofisticados. Eu acho bobeira. Muitas pessoas não comem, você gasta uma fortuna e, se o convidado come, fica com aquela canseira pós-comer. Eu prefiro, descaradamente, comidas servidas em aniversários de criança: salgadinhos, pipoca, batata frita, cachorro quente, mini hamburgers e sorvete! Todo mundo come e é uma delícia.
Tema da Festa: Eu acho muito interessante e divertido festas com temas. Quando pensei em fazer a minha, queria que fosse à fantasia, mas acabei desistindo e tudo mais. Se você quer fazer algo novo, proponha um tema divertido. Umas dicas que dou são: festa de criança, anos 60, à fantasia, hollywood.
Convidados: Eu acho super chato ter que convidar as pessoas por "obrigação". Sempre defendi a tese de que as pessoas tem que ser convidadas porque a aniversariante gosta delas e não porque ela vai fazer beicinho. O critério que usei para convidar as pessoas foi amizade. Convidei as pessoas que tinham mais contato comigo, que eu gostava bastante e que eu sei que foram a minha festa porque gostam de mim e não para criticá-la depois.
Maquiagem: A maquiagem depende única e exclusivamente do vestido, acessórios e penteado que você usará. No meu, usei e abusei da maquiagem nos olhos. Inspirei-me em Maysa Monjardim e seus lindos olhos marcados. Blush, essencial e um batom vermelho mais para rosa decoraram minha face.
Salto Alto: Adoro salto alto. Não há nada mais poderoso, mais sexy e mais deslumbrante que se possa colocar nos pés. Mas, muitas meninas, assim como eu, abusam do uso deste e, no dia seguinte, costumam nem conseguir por os pés no chão. Para evitar isso, recomendo o uso do salto nas hora das fotos, recepção de convidados e na hora do parabéns. Na hora de dançar e se divertir: um saltinho pequeno ou uma rasteirinha fabulosa são perfeitos.
Vestido: Eu sempre gostei de vestidos despojados. Nada de calda, nada de babados, nada de roupas que incomodam e atrapalhem a hora de dançar. Sou extremamente a favor de meninas que usam vestidos curtos, soltos e com cores vibrantes e que combinem com sua personalidade. O meu vestido foi um pretinho super básico com brilho e os acessórios prata para dar aquele ar de cheguei, mas não estou tão assim. Meu visual foi bem discreto, porém encatador.
E, uma dica profissional: Vídeo
E lembre-se: A tua festa é tua festa. Tire fotos, dance bastante, beije muito - tem sempre alguém gatinho pra compartilhar a felicidade, né? haha - e divirta-se porque esse é um dia muito especial e não se repete nunca mais.

3 comentários:

  1. Convidar pessoas por obrigação é realmente o fim da picada! Concordo plenamente que você só deve chamar para a sua festa aqueles que realmente deseja estarem lá!

    BEIJOS!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

" Liberdade é pouco! O que eu quero ainda não tem nome "
Clarice Lispector