terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Brincadeira: Matando Personagens

Como hoje não estou com a menor criatividade, acabei catando essa idéia de post do blog da Thalita. Até gostei porque são críticas totalmente explícitas a personagens insuportáveis da televisão brasileira e americana.

Vítima: Peyton Sawyer - One Tree Hill




Peyton Sawyer é a maior mala da televisão mundial, sem sombra de dúvidas. Sempre dramática, sofrida e vítima de tudo, ela enche a série One Tree Hill de chatice com seu ar de santa do pau-oco. Nada contra quem curte a Peyton mas eu, particularmente, detesto ela. Esse jeitinho estranho de ser, sempre querendo passar de inocente e mocinha magoada me deixa intrigada. Desde que a nova temporada começou (5ª) rezo para que ela vire lésbica e arranje uma namorada linda, linda que a faça esquecer de uma vez por todas Lucas.

Vítima: Ross Geller - Friends



Friends é uma série inesquecível. Assisto sempre que posso e morro de rir com Chandler e Joey. Mas, cara, o que Ross Geller está fazendo lá? Ele é chato, trabalha com dinossauros - nada contra! - e só percebeu que a mulher não queria mais ele depois que ela deixou isso extremamente explícito para ele. Ou seja, o cara consegue ser mais lerdo que eu. Além do mais ele é neurótico e todo certinho. Não desce pela minha garganta e ponto final. Gostaria que a Rachel tivesse ficado com o Joey, disse tudo.

Vítima: Alan Harper - Two and a half man

Esse aí consegue ser o mais mala de todos da televisão: Alan Harper. Jesuis Cristo me socorre: como alguém consegue ser tão chato? Primeiro, aquela relação eu tenho inveja do meu irmão, a culpa não é dele se você é feio, chato e não chega nas mulheres. Segundo que aquela coisa dele com a esposa é patética. Homens, nunca permitam que uma mulher MANDEM LITERALMENTE em vocês, apenas deixem ela dar alguns pedidos "fortes" para vocês.

Hoje não estou bem. Sinto que a TPM está voltando. Aguentem meu mal-humor e sejam felizes

2 comentários:

  1. Mas nenhum se compara a Peyton!!! Não sei nem mais o que escrever sobre o meu ódio... hauhauha... Mas tenho que discordar, adoro o Ross! hehehe...
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Tha!

    Muito grata por acompanhar nosso blog humilde (Sou para-raio de doido com hifen, please). Ficamos super felizes em receber a visita de pessoas que se identificam conosco e ficamos ainda mais felizes em saber que não estamos sozinhas neste empreitada, de ser pára-raio de doidos..


    PS: Eu tb mataria a Peyton e o Alan. Apoiadíssimo! E daria vida eterna a Jerry Seinfeld, pq, né? AMO!

    ResponderExcluir

" Liberdade é pouco! O que eu quero ainda não tem nome "
Clarice Lispector