quarta-feira, 22 de outubro de 2008

• A bela adormecida





Acho que nem preciso dizer que o meu filme predileto da Disney é A bela adormecida. Talvez seja porque a Aurora é a mais encantadora das princesas: bonita, destemida, corajosa e dorminhoca.





Mas, acho que o que eu mais gosto no filme é o Príncipe Felipe - de todos os príncipes, o único que tem um nome sério porque Fera não é um nome, mas sim, um apelido - e que não aparece apenas no final do filme, mas ele é uma peça chave: Salvou a Aurora, matou a Malévola e ainda foi preso por procurar a princesinha dele.






Além dos mais, não posso esquecer das três fadinhas mais comédias - e briguentas! - de toda história: Fauna, Flora e Primavera. Faz anos que não vejo esse filme, mas lembro de diversos pedacinhos do filme com elas, principalmente a guerra Rosa. Não, azul.






A Malévola, a bruxa mais perversa e odiada que eu já vi na vida. Que buscou seus idéiais até a morte - lembrando, o Felipe que matou-a com ajuda das fadinhas depois que ele conseguiu fugir da prisão que a bruxa o colocou. Ain, Felipe...


Quero o DVD Edição Deluxe para mim right now... Isso aí, eu eterna criança. Mas o filme é tão fofinho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

" Liberdade é pouco! O que eu quero ainda não tem nome "
Clarice Lispector